.

.

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

EX. POLICIAL MILITAR É PRESO PELO GAECO SUSPEITO DE EXTORSÃO

Um ex-policial militar de 50 anos de idade foi preso na manhã desta quinta-feira (5) pelo Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), suspeito de extorsão. Segundo informações da Paiquerê AM, Paulo Alves seria integrante do grupo que tentou extorquir um funcionário da Sercomtel. Ele foi detido no jardim Vista Bela, zona norte de Londrina.

No dia 27 de agosto, três pessoas haviam sido presas pelo mesmo crime. Na ocasião, o promotor Jorge Barreto da Costa informou que os presos se passavam por policiais do Gaeco e teriam exigido R$ 25 mil em dinheiro da vítima. O funcionário da Sercomtel teria denunciado o caso após a entrega da quantia em duas parcelas.

Carlos Eduardo de Oliveira Pacheco, Arthur Fernando Barione e Darci Santos exigiam um repasse de R$ 120 mil e diziam que divulgariam documentos que poderiam comprometer o funcionário em atividades ilegais caso o montante não fosse pago.

Uma mulher, que também teria envolvimento com o caso, também estaria sendo procurado. Alves teve a prisão temporária decretada e vai ter que dar explicações ao Gaeco. (Com informações da Paiquerê AM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário